A Tratore por aí:

Música Para Final de Século

Palavras-chave MPB.


Segundo disco de Carlos Careqa. Foi indicado por David Byrne como um dos melhores discos do ano de 1999. A faixa "Ser igual é legal", na interpretação de Vania Abreu, participou da trilha da novela Anjo Mau da Rede Globo.



Faixas (14)

1.
Ser igual é legal

Editora: Direto-


2.
Chorando em 2001

Editora: Direto-


3.
No caminho para Santiago

Editora: Direto-


4.
Música para final de século

Editora: Direto-


5.
Manhattan tan tan

Editora: Direto-


6.
Eclipse em meia-lua

Editora: Direto-


7.
Cortei o dedo

Editora: Direto/Direto-


8.
São Solidão

Editora: Direto-


9.
Temporal

Editora: Direto-


10.
Não minta pra mim

Editora: Direto/Direto-


11.
Feliz amor

Editora: Direto-


12.
A cor de Nova York

Editora: Direto-


13.
Não pise nos meus Carlos

Editora: Direto-


14.
Vou sair

Editora: Direto-



Produtos relacionados
(0/0)


   

Resenhas
Positivas (4)
Música para todos os séculos

Depois do ótimo Os Homens São Todos Iguais, o grande Careqa volta ainda melhor, se é que isto é possível. Só as faixas Cortei o Dedo e São Solidão já valem o disco, com letras arrasadoras e a maestria melódica de sempre, que acompanha os trabalhos do autor. Os músicos participantes são da nata da mpb, com destaque para os ótimos Ferragutti, Guelo e Bocatto. Grande time! Longa vida para Carlos Careqa.

por João Batista Rodrigues em 17/10/2004
ANTÍDOTO CONTRA A MESMICE

Careqa, com seu humor ímpar e criatividade sempre afiada, torna-se um antídoto contra a mesmice em "Música Para Final de Século". Impossível passar imune às quatorze músicas que compõem este CD, todas de autoria do próprio Carlos Careqa, sendo algumas em parceria, como "Eclipse em Meia-lua" com Arrigo Barnabé e Adriano Sátiro. Temas urbanos estão presentes na engenhosa "Manhattan tan tan" e em "A Cor de Nova York", onde Careqa faz referências a lugares e climas diversos, misturando-os à estória de amor ali sugerida. Destaque para as participações dos músicos Toninho Ferragutti, Bocatto e para o Duofel. Este trabalho foi gravado parte em Berlim e parte em São Paulo.

por Renata Iacovino em 22/10/2004
delicadeza para final de século

Carlos Careqa dá sequência neste disco a um trabalho ímpar na MBP. Letras extremamente bem trabalhadas e arranjos delicados, que privilegiam violões, percussão e acordeom, com destaque para as belas melodias de "Chorando em 2001" e "São Solidão".

por marcelo firpo em 22/10/2004
Música para início de novos séculos

Ser igual até pode ser legal, mas Carlos Careqa, felizmente, sempre é diferente. Jamais se prende a modismos ou modelitos, e mostra toda sua criatividade neste ótimo CD: na originalidade das melodias, nas letras bem sacadas e nos arranjos bem elaborados.

por Otílio Severian Loureiro em 30/10/2004
Negativas (0)


Ficha técnica
Artistas principais
Ano
2003
Lançamento
01/12/2002
Gênero
Código do catálogo
108768
Código do produto
7898369060338
Selo
Barbearia Espiritual Discos
Formato
Album/CD
Perfil do artista
Carlos Careqa
Origem
São Paulo, SP
Site
http://www.carloscareqa.com

Agenda